Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

my bullet & me

A minha vida e o meu caderno onde me organizo.

14
Jun17

Quando somos apanhados de surpresa!

Ana Gomes

à pouco tempo (cerca de 3 semanas) a minha prima liga-me à noite a perguntar pelos mealheiros dos meus filhos! 

Se estavam intactos! Disse-lhe que já os tinha aberto como precisei de moedas no trabalho troquei as moedas deles e depositei o dinheiro. 
Fiquei curiosa para saber o que se tinha passado e ela diz-me que a empregada lhe "assaltou" o mealheiro dela! Fiquei em pânico, afinal a empregada dela é a minha também! 


Eu já andava desconfiada algum tempo, quase desde o inicio que senhora começou a trabalhar lá em casa (Há 4 anos), mas como sou muito de sismas deixei andar! 

Deixei andar até aquele noite... fiquei a pensar naquilo porque pelos vistos a minha prima tinha colocado umas semanas antes uma nota de 5€ no mealheiro a qual não estava. 
Abriu mesmo o mealheiro para ter a certeza que a nota não estava lá e notou que para além da nota faltavam moeda e foi isso que lhe chamou a atenção, ter colocado uma moeda e ela ter ficado a rodar no fundo! 

Ao abrir o mealheiro com uma abre latas (o mealheiro é daqueles que não abre a não ser com abre latas), ela verificou que a ranhura estava arranhada e por dentro estava com rebarbas como se alguém tivesse metido uma faca e tivesse tentado algo. 

 

Aquilo ficou de tal maneira na minha cabeça que comecei a pensar como poderia apanhar a senhora em flagrante em minha casa. 
Falei com uma amiga advogada para saber como poderia fazer e se poderia ter camaras ocultas em casa sem que tivesse de a informar de tal! O que ela me disse é que sendo propriedade privada e para segurança da casa eu posso colocar camaras a filmar e posso confrontar a senhora com a situação. 

Assim fui para a net pesquisar e encontrei uma camara oculta num relógio despertador muito catita. Achei engraçado e nada caro para o caso! 

Comprei e dois dias depois toca a montar o dispositivo, arranjar mealheiros novos para os putos, coloca-los na mesa de cabeceira onde estava a camara. 

Coloquei moedas das pequenas, bastantes de forma a parecer que o mealheiro estava cheio... imprimi uma nota de 5€ a cores em tamanho real e coloquei num dos mealheiros como chamariz! 

 

Na primeira semana de filmagens ela passou, olhou mas não mexeu... ontem voltei de manhã a ligar a camara, fiz umas marcas nos mealheiros e coloquei-os numa certa posição e deixei a camara a rolar! 

A meio da tarde cerca das 14:45 depois de atender um cliente lembrei-me de ligar o telemóvel para ver se a dita cuja aparecia lá... mal acabo de ligar dou de caras com a mulher à frente da camara a roubar!  

Mostrei à minha irmã e ambas vimos que a senhora acabava de colocar os mealheiros no sitio e com a mão fechada levou-a ao bolso arranjou a camisola e saiu! 

Subiu-me uns calores que nem era bom... liguei de imediato ao marido a informar do sucedido! Liguei à minha prima a informar que ela tinha sido apanhada em flangrante ao que ouço a advogada do outro lado a dizer "Ana vai já lá e confronta-a com as imagens!"

 

Deixei-me estar sentada no trabalho mas sempre cm a camara ligada em casa para ver até que vejo a luz do quarto a acender naquele momento, mas ela não aparece na camara! Deduzo que tenha andado a bisbilhotar no lado da cama do mais novo onde tinha outro mealheiro que abria e onde eu tinha colocado cerca de 2.50€ em todo o tipo de moedas.

 

Foi a gota de água! Saí do trabalho às 16:30 e fui de imediato para casa.

Mal cheguei informei a senhora que estava dispensada... a mulher que gosta tanto de falar, meteu os olhos na tábua de passar a ferro e nem uma palavra me dirigiu! 

Não foi capaz de perguntar o porquê de ser dispensada ou de pedir para ir de x em x tempo! 

Mal acabou de passar deu-me a chave e disse... "eu saiu agora às 17:30 porque entrei às 13:30!" mas logo de seguida saiu-me "eu sei!" 

Ela ficou a olhar para mim com ar de desconfiada mas não me disse mais nada, entregou a chaves e saiu.


Um alivio, mas só de pensar que fui roubada durante 4 anos deixa-me louca! 

 

NOTA: Sei as horas a que ela entrava porque tenho um detector de movimento em casa na entrada pois desconfiava que ela entrava cedo e saia mais cedo ainda! 

 

Conclusão não podemos confiar em ninguém neste mundo e por mais que queiramos ajudar pode-nos sair furado! Lição aprendida... agora a lavandaria de lá vai ganhar mais uma cliente e por 3.50€/kg nem me chateio a passar roupa era o que me faltava! 

 

16 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.